Planejando um guarda-roupa handmade

Sabe aquela máxima ” Casa de ferreiro, espeto é de pau”? Então…

Eu adoro tudo o que crio para a marca, o que eu não usaria não entra em produção, mas eu acabo não ficando com quase nada. Quando dá um tempo, faço alguma peça para mim.

O friozinho chegando e me dou conta que meu guarda-roupas não está preparado para a estação. O que fazer? Se desesperar? Passar frio? Assumir o mendiga style? hahahaha Achei melhor fazer um planejamento de costuras, e produzir peças chaves para ficar quentinha e com estilo. 😉

Peguei minha coleção de revistas Burda, meus stickies fofitos, e fui marcando todas as peças que acho que combinam comigo e que eu gostaria de fazer. Tirei foto do modelo e anotei em um caderno a peça a ser feita, a edição da revista e a página. A lista ficou enorme. Hora de editar, ô coisa difícil!

O que fazer quando você se apaixonou por vários casacos e várias calças? Comece selecionado 2 modelos de cada, pois ainda têm blusas, vestidos, bermudas, saias… na lista. A vontade é de fazer todos os lindos casacos, mas cadê tempo? Se conseguir fazer um antes do inverno já vou ficar feliz. o.O

Eu compro a revista Burda há anos, antes as edições importadas e agora a brasileira, mas nunca tinha feito nenhuma peça a partir dos moldes. Eu acho muito mais fácil fazer a modelagem inteira, do que fazer ajustes e adaptações. Mas este ano decidi começar a usar esses moldes para fazer roupas para mim. É até um exercício para passar as dicas para minhas alunas, e agora por aqui. 😉

E você aí, faz algum planejamento? Me conte nos comentários.

Coleção de revistas

Desejando esta jaqueta (sem os recortes) , perfeita para o outono

Outra jaqueta desejada

 

4 thoughts on “Planejando um guarda-roupa handmade

  1. Que delícia esse post! Amei a dica de fazer uma lista com as referencias dos modelitos a serem feitos. Eu só marco com um adesivo e depois acabo me perdendo, já que também quero fazer muitas coisas e não tenho tempo. Aprendi a costurar recentemente e amo! Se pudesse só faria isso. Outro dia estava fazendo compras usando um vestido feito por mim e uma mulher veio perguntar onde eu tinha comprado. Eu disse: a senhora está falando sério? eu que fiz!!!! Rsrsrs fiquei me achando. Só quem usa as próprias peças pra saber a satisfação que dá. Agora que descobri o seu site não vou perder uma dica! E ainda arrumo um tempo pra fazer seus cursos… Parabéns pelo trabalho!

    • Bem-vinda Gisele! Amei o seu comentário.
      Fazer as próprias roupas é tudo de bom, e quando há o reconhecimento melhor ainda.
      Espero te ajudar nas costuras com dicas e truques. E vou adorar ter você nos cursos, é pura diversão. 😉

      Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *