{ Na minha máquina } Simple Chic

Ao ver esse vestido pronto marido comentou: “Tá voltando às origens minimalistas?!”

E a resposta é sim! O minimalismo sempre foi uma paixão. Tanto na arquitetura, no design, como na moda.

Adoro a riqueza da forma, usando só o essencial, sem mais, sem menos, na medida. Adoro branco, cinza e preto. Meu guarda-roupa foi por muito tempo nestas cores. A silhueta minimalista, nem sempre combina com o meu tipo físico. Sou enlouquecida pelo Japonismo, muito em voga nos anos 90, amo até hoje, mas com 1,54 de altura e um corpo nada longilíneo, nunca pude me aventurar a usar aquela arquitetura toda.

Aos poucos fui incorporando o estilo mais retrô, cintura marcada, saias evasês. Eu amo esse estilo também, e acho que ele me favorece muito mais, além de ser mais feminino. Essa transformação refletiu as mudanças internas que foram ocorrendo nos últimos anos. Mas agora o minimalismo, e a androginia, tá me chamando novamente. Acho tão chic, elegante, mais maduro. Deve ser os 4.0 se aproximando. 😀

Agora vamos ao molde: o vestido Ludivine da Républic du Chiffon.

Ele está disponível de graça no site da marca. Foi o vencedor de um concurso em 2013.

Estava com ele guardado há algum tempo, e agora chegou a hora de fazer e usar.

Eu amei o vestido. Super democrático, acredito que valoriza todas as silhuetas, é só tomar cuidado para não deixar muito justo na cintura e quadril. E deixar bem ajustado nos ombros e busto. Chic na medida.

O molde tem as medidas bem certinhas, não precisei mexer no comprimento, então possivelmente quase todo mundo vai ter que aumentar o comprimento, ou fazer mais curto. Usei o tamanho 40 e ajustei somente a largura das costas e frente.

Esse modelo é super fácil de costurar. Feito para tecidos elásticos, não tem fechamento, você veste como uma blusa. Mesmo não sabendo nada de Francês consegui seguir as instruções.

Fiz numa malha grossa, que parece piquê, em duas cores, cinza e preto. Decidi deixar o preto na lateral para dar aquela ajuda para a silhueta. 😉

Como o tecido que utilizei não é muito elástico, costurei com ponto flexível da máquina reta e os acabamentos com overlock. Para o acabamento do decote apliquei viés de cetim e finalizei com costura à mão, pois não queria costura aparente do lado de fora. Menos é mais!

Eu adorei os recortes do modelo, eles seguem os desenhos das pences do busto e cintura. E com isso o corpo fica bem modelado, mesmo numa silhueta mais folgada.

Super indico! E quem fizer o seu me conta, que eu quero ver a sua versão. 😉

 

 

5 thoughts on “{ Na minha máquina } Simple Chic

  1. Fran, adorei o vestido, ficou muito bom. E o sapato, gente? “ornou” muito, adorei! Vou baixar este molde e vou ver se faço até a primavera.

    Gostei também do jogo de cores que você escolheu, arrasou!
    beijo, Pat

    • O sapato, Melissa, foi o ponto inicial da volta ao minimalismo. Quando vi na loja me apaixonei na hora, muito eu. 🙂
      Faz sim! Super fácil, rápido, além de lindo e confortável.

      Eu amo preto + cinza, minhas cores favoritas.

      Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *